Diatese3

Diátese evolutiva, normalmente da Estênico ou, raramente, da Hipostênico.
Não é uma diátese constitucional. Já existem sinais de doenças em fases celulares. Os exames laboratoriais já podem estar alterados.
- Colesterol – triglicérides – ácido úrico-glicose.
Características:
- alcalino – pH > 7,2;
- reduzido – rH < 22;
- bipolaridade energética. Comportam-se horas como parassimpaticotônico, horas como simpaticotônico e por isso é distônico.
- Cuidado com antioxidantes. Ele já se apresenta reduzido.
- Três grandes grupos de sinais e sintomas são característicos desta
diátese.
a) – problemas circulatórios.
b) – problemas hormonais.
c) – problemas emocionais.
O paciente passa a “desafinar” no seu acorde freqüêncial ideal. Muda seu humor, primeiramente passa a ser ansioso, depressivo, emotivo, melancólico.
Sinais e sintomas:
1- diminuição da memória
2- diminuição do entusiasmo
3- diminuição do ânimo
4- diminuição da energia
5- diminuição da concentração
6- diminuição da sexualidade
7- descontrole nos exames de sangue
8- fadiga progressiva – durante o dia
9- diminuição do sono – não consegue manter. Inicia bem e não mantém.
10- dores em peso nos membros inferiores. Por estase venosa. Melhora quando levanta os MsIs. 1º sintoma que melhora.
11- perturbações circulatórias – varizes, hemorroidas, flebites, trombose, etc.
12- doenças cardio-circulatórias. Hipertensão angina, tendendo ao infarto –
cuidado com antioxidantes.
13- cálculos renais, nanobactérias
14- edema de MsIs
15- distúrbios digestivos – diminuem produção de enzimas para digestão.16- cefaléia geralmente occiptal – estagnação do qi do fígado bruxismo e
hipertensão
17- artrose degenerativa
18- distúrbios hormonais da menopausa e andropausa
19- perturbações metabólicas – gota – diabetes, dislipidemias, etc.
20- distúrbios vasomotores – vertigens – acúfenos
21- dispnéia neurotônica
22- asma e rinites não alérgicas
23- disfagia funcionais. Pode ser giardia
24- cefaléia psicogênica
25- ansiedade vesperal
26- estados espasmódicos
27- hemicranias difusas
28- urticária crônica
29- líquem
30- eczema crônico
31- gota
32- hemorróidas
33- ictiose
Vicariação progressiva do paciente DISTÔNICO:
1- Trombose
2- trombo embolia.
3- infarto
4- AVC
5- artrite
6- aortite
7- rotura de aneurismas
8- artrose incapacitante
Tratamento:
1- Corretor Distônicum ® – 20 gotas em jejum
2- Halgalis ® – 20 gotas em jejum
3- remédios sintomáticos.
a) – caso predomine problemas circulatórios Percepthum ® + Segurium ® à noite.
b) – predomínio de sintomas hormonais: Boream ® + Adapt E ®, a noite
c) emociona:l Neurovit ® + Traumavit ®. À noite.
Dica importante:
Tratar a diátese de origem constitucional junto com:
• Corretor Estênicum ® – caso seja Estênico – 3 x semana pela manhã.
• Corretor Hipostênicum ® – caso seja Hipostênico – 3 x semana – pela
manhã.